terça-feira, 9 de janeiro de 2018

SER INSUFICIENTE A SI MESMO

... já não
bastam as fantasias
bastardas,

já não
bastam os sonhos idealizados
e depois naufragados,

ja não
bastam as porras
derramadas,

já não
bastasm as apresentações
aos teatros,

nem os muros,
nem as grades mais espessas
bastam mais
a algo:

este
é o ponto-chave, o lugar
de onde o sapiens faz suas escolhas
ruminadas!